Vídeos

Saiba mais sobre a Carmehil Network

Visite nosso Canal

Novidades

Data 29/08/2014

Governo prevê salário mínimo de R$ 788

O Governo Federal elevou para R$ 788,06 a previsão do salário mínimo a vigorar em 2015. Novo valor se deve à revisão da inflação e do PIB de 2013. Valor consta no projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) apresentado ontem.

O valor do Salário mínimo brasileiro a partir de janeiro de 2015 deve girar em torno de R$ 788, considerando a estimativa que o Governo Federal faz (R$ 788,06) no projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) divulgado ontem. O valor representa aumento com relação a previsão de abril, quando a previsão era de R$ 779,79.

A mudança na comparação com o previsto anteriormente é resultado da revisão para cima do crescimento de 2013 e de estimativa maior para inflação do ano passado. A proposta que será avaliada pelo Congresso Nacional representa 8,8% acima do mínimo atual, de R$ 724.

O reajuste segue as regras da lei Nº 12.382, de 2011, que dispõe sobre a política de valorização do mínimo até 2015. Ela determina que o reajuste para a preservação do poder aquisitivo do salário mínimo, no ano seguinte, corresponderá à variação da inflação (INPC) acumulada nos 12 meses anteriores e a taxa de crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) de 2013.

Segundo o supervisor Técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) no Ceará, Reginaldo de Aguiar Silva, o Governo trabalha com crescimento de 3% do PIB e inflação de 5,67%.

Adianta que essa política salarial é resultado de um acordo entre o governo e as centrais sindicais brasileiras. “E a ideia é que fosse mantida até 2023 quando se teria um mínimo mais digno e condizente com a economia do país”. Ele ressalta que a lei também prevê análise de conjuntura e cenário, podendo ser revista se for considerada insuficiente.

Foto: Google.

Confira essa e outras informações: https://www.facebook.com/Carmehil

Twitter: @carmehil

 

linha Receba novidades por e-mail

Parceiros