A importância do fio terra em sua casa

23/11/2018   |    Dicas  Destaque Home

Uma grande maioria das pessoas sabe que há necessidade do fio terra em casa, mas não sabe por quê e muitas vezes nem sabe o quão importante é.

Para que se entenda a importância do referido fio para a segurança elétrica residencial, uma breve explicação: o corpo humano conduz eletricidade, por esse motivo sempre há o risco de choque sempre que alguém se encosta em um equipamento elétrico, geladeira, por exemplo. Por que isso ocorre? porque deve haver fuga de eletricidade pelo corpo da pessoa.

Aí que entra o fio terra, para que esse risco seja evitado. O aterramento é necessário para que a corrente elétrica seja desviada antes de atingir a pessoa, ela atua como um escape, atrai a energia e a direciona para a terra. Além disso, o aterramento também protege os equipamentos.

 

O fio terra deve estar presente em todos os projetos elétricos

Um projeto elétrico bem elaborado deve contar com um sistema de aterramento. Isso minimizará os efeitos destrutivos de descargas elétricas, também das eletrostáticas, em aparelhos elétricos – e também protegerá as pessoas.

Para essa função existem as tomadas de três pinos, sendo dois deles fase ou fase e neutro e o terceiro, o que fica isolado, é o terra. O fio utilizado é o de cobre, que é um condutor muitas vezes melhor que o corpo humano – o que acontece é que se dá dois caminhos para que os elétrons circulem: um é o corpo humano e o outro o fio de cobre, sendo o fio de cobre melhor condutor é ele que os elétrons escolherão – esse fio por onde irão os elétrons é chamado de fio terra.

Vale lembrar que o fio terra é um item de segurança obrigatório e que deve ser instalado em todas as tomadas e pontos de energia da casa. Todo projeto elétrico deve ter um circuito elétrico com um sistema de aterramento. Caso a sua residência não tenha, é hora de pensar em fazer isso.

 

Objetivos do aterramento

  • Conseguir uma resistência de aterramento mais baixa possível, para correntes de falta à terra;
  • Manter dentro dos limites de segurança os potenciais produzidos pelas correntes de falta, de modo que não causem fibrilação do coração humano;
  • Tornar os equipamentos de proteção mais sensibilizados e que consigam isolar rapidamente as falhas à terra;
  • Fornecer às descargas atmosféricas um caminho de escoamento para a terra, usando como retorno de corrente do sistema MRT;
  • Fazer escoar cargas estáticas que são geradas em carcaças de equipamentos.

O que são correntes de falta? São as correntes elétricas resultantes de defeitos em instalações elétricas.

 

Quem já tinha uma ideia sobre a importância do fio terra agora tem a certeza de que ele é imprescindível e essencial à segurança de sua residência.

 

 

Fonte: Ponto do eletricista


DEIXE SEU COMENTÁRIO