Por que a tecnologia LED é a iluminação do futuro?

19/09/2018   |    Dicas  Destaque Home  Tecnologia

Para entender o título de “tecnologia do futuro” ou “iluminação do futuro”, basta dar uma passada de olhos nas vantagens que o LED traz para o nosso dia a dia. Quem nos ajuda a identificar e conhecer essas vantagens é a Ponto do Eletricista de Bom Jesus da Lapa, que está sempre antenada às novidades do mercado elétrico.

 

Sustentabilidade

Esse é, de longe, um dos principais motivos para que se considere o LED a iluminação do futuro, já que nossa missão é tornar a vida tão sustentável quanto possível, para que consigamos conservar recursos naturais, como o utilizado para a geração de energia e para conservarmos principalmente o meio ambiente.

A não utilização de produtos que contenham componentes nocivos como o mercúrio, por exemplo, já mostra que o caminho certo é esse, de começar usar as tecnologias que não causam danos ao ambiente.

Menor consumo de energia

O LED é uma luz muito eficiente e que tem um ciclo de vida bem longo. O que começará a acontecer é que as compras de lâmpadas individuais e frequentes, acabarão. O usuário decidirá e fará a compra de uma luminária de LED, que ficará em determinado ambiente de sua casa por um longo período de tempo.

Gastará menos por não ter que comprar com certa frequência e também porque a tecnologia apresenta um consumo menor de energia – bem menor, quando comparada à de lâmpadas convencionais.

Adaptação da luz à cada necessidade

A iluminação residencial foi ganhando personalização, uma vez que se identificou que cada tipo de ambiente e diferentes situações na vida diária exigiam cenários diferentes de iluminação. O LED tornará isso mais fácil ao ser utilizado em sistemas de iluminação que serão gerenciados para atender as necessidades do consumidor e assim melhorar a sua qualidade de vida.

Tecnologia LED: Um futuro já presente!

É bom lembrar que a do termo “iluminação do futuro”, o futuro já acontece, considerando que a tecnologia LED já é amplamente utilizada, não somente em lâmpadas, mas em computadores, telas de TV e outros. O que ainda precisa de melhorias nessa área é a melhor identificação de produtos de qualidade pelos compradores – como procedência, qualidade do LED e dados elétricos, como fator de potência e outros.

Há uma grande oferta de produtos com pouco respaldo e pouca informação técnica e a busca por preços baixos pode levar a casos mal sucedidos de uso da tecnologia LED. Por isso, é sempre indicado que o consumidor procure ajuda de quem entende da área elétrica e que possa passar informações mais consistentes e ajudar a determinar o tipo de material adequado a cada caso.

 

 

Por: Elia Macedo


DEIXE SEU COMENTÁRIO